Pontos

SONHAR COM SEXO: VEJA O QUE ESTE SONHO PODE DIZER SOBRE VOCÊ

Garota para 389319

Eu quis ter certeza de que ela estaria disposta a passar por aquela experiência, porque éramos muito amigos mas nunca tínhamos tido nada sexual, seria ultrapassar o limite da intimidade entre amigos. Ela quis. Eu prefiro homens, mas gosto de meninos e meninas. E também quis. Whisky na cabeça.

Stories do MHM

E a figura do traído inspira lástima, pena, afirma Ana. Justamente pelo respeito de serem julgadas por conhecidos e parentes, as entrevistadas a seguir preferem manter em sigilo sua identidade. Na internet, no entanto, elas participam de grupos nos quais falam abertamente sobre seus fetiches e se assumem quanto cuckqueans. Nos relatos a seguir, elas contam mais sobre suas trajetórias sexuais: Gosto de ler as trocas de mensagens, de ver ele se arrumando para sair Desde muito jovem, fantasiava com coisas diferentes. Nesse período, troquei de parceiro. Sei que, se eu desejar, tenho espaço para me encontrar com mais pessoas também, mas, hoje estou satisfeita da forma como estamos. Ainda na época de escola, tinha paixõezinhas por meninos e meninas.

Gosto de ler as trocas de mensagens de ver ele se arrumando para sair

Logo, toda mulher - tal qual você - gosta de uma boa putaria. Na vida real, a puta safada existe, sim, dentro de cada mulher e a graça e delícia de se relacionar a longo prazo com um rapaz é justamente deixar que ele descubra a vadia em você. Quando eu era solteira fazia muito isso, e admito sem pudor nenhum galinha é a senhora sua vó, viu? Tudo pretexto pra transar, nos satisfazermos mutuamente e depois beijo-se-cuida-tchau.

Saiba por que ela não quer transar com você

A frase de que ela gosta é de Leila Diniz, ícone do feminismo brasileiro, e foi disparada em resposta à investida de um coronel no auge da ditadura militar. Walter Thompson, nos Estados Unidos. É hora de fazermos o que quisermos. E depois me senti um objeto, alimentei a plantinha do machismo com adubo. É difícil. A cena que rolava em seguida era sempre a mesma: ela acordava em casa, outra pessoa lá do lado, e tudo que Mariana conseguia sentir era vontade de que aquilo acabasse logo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.